29 de jul. de 2011

'Odara', de Márcio Paschoal

Novo romance de Márcio Paschoal apresenta protagonista travesti

Odara é uma figura como poucas: um homem com alma e traços femininos. Uma pessoa diferente, mas com sentimentos, sonhos e problemas como todas as pessoas. Em seu novo romance, Márcio Paschoal revela, com muito bom-humor e leveza, a difícil realidade destas pessoas que escolheram o difícil caminho do travestismo. A personagem, que nasceu de uma conversa com a transformista Rogéria, dá nome ao livro e é mais um artifício na luta contra o preconceito.


Em seu novo romance, Márcio Paschoal apresenta uma personagem cheia de nuances. Uma figura cativante, com traços meigos e gestos gentis, que logo se enxerga como uma pessoa diferente e opta em assumir sua porção feminina. Assim nasce Odara. O autor explora esta dualidade e com muito bom-humor revela um pouco da realidade destes indivíduos marginalizados pela sociedade.

A inspiração para o livro surgiu de exercícios em oficinas ministrada pelo autor. Crônicas de Veríssimo, letras de artistas como Zeca Baleiro e um bate-papo traçaram o destino do livro. “O resultado foi uma mulher de extremos, de perfil psicológico complicado e que não queria ficar estanque, sonhando tatear estrelas distraídas. Conversando com a Rogéria pensei em transformar essa personagem controversa num travesti. Assim surgia Odara”, revela Paschoal.

A narrativa costurada pelo autor possibilita o conhecimento de várias facetas da personagem. Acompanhar a história de Odara desde sua complicada infância, passando por suas ilusões, romances e aventuras no Rio de Janeiro e pelo mundo leva a reflexão sobre a própria condição humana.

Ariadna do BBB 11 e Lea T juntam-se à Odara numa cruzada pela aceitação. Assim como essas “quase-celebridades” da vida real, a personagem criada por Paschoal dá um tapa na cara da sociedade ao desafiar a moral e os bons costumes falsamente defendidos por todos e denunciar a hipocrisia que contamina as relações pessoais.

Odara

Márcio Paschoal

Editora Record

256 páginas

Formato: 14 x 21 cm

Preço: R$ 34,90

Romance

Sobre o autor:

Márcio Paschoal nasceu no Rio de Janeiro, em 1953. Formado em Economia, trabalhou na área de recursos humanos no exterior para a Petrobras, como redator para a Fundação Getulio Vargas e foi encarregado dos roteiros de vídeos didáticos do CEDERJ - Centro de Ensino Superior a Distância do Rio de Janeiro. Escreveu a biografia do compositor maranhense João do Vale (Pisa na fulô mas não maltrata o carcará) e tem trabalhos publicados no Jornal do Brasil (música e literatura); Cadernos do Terceiro Mundo (economia); Pasquim (humor). É autor de Cada louco com sua mania - ilustrações, Jaguar (1995), Sofá branco (1996), Horóscopo sexual para praticantes (2001), Os atalhos de Samanta (2004), A maconha está bêbada e outras crônicas (2009), entre outros.


*** ***

Caro leitor, será sorteado 1 (um) exemplar do livro Odara, de Márcio Paschoal
.
Para participar do sorteio:
- Primeiramente, é preciso ser seguidor d'O BULE. Caso ainda não seja um seguidor, aproveite para se tornar um (à direita, em Leitores d'O BULE) e participar do sorteio.
- Depois, vá ao Twitter e poste a seguinte mensagem: RT @obule_blogue Concorra ao romance 'Odara', de Márcio Paschoal. Saiba mais em http://t.co/1RfyMss #sorteionobule
- Caso não possua Twitter, ajude na divulgação criando uma postagem sobre o sorteio em seu blog. Caso não possua nem Twitter nem blog, divulgue o link d’O BULE, se referindo ao sorteio, em seu Orkut ou Facebook.
- Depois, poste no espaço dos comentários desta postagem o seu email e o seu endereço de Twitter (por exemplo, rogers.silva@hotmail.com e @rogerssilva) ou o link da postagem onde divulgou a promoção.

OBS: A pessoa que não for seguidor d'O BULE OU não postar o seu email e o endereço do Twitter (Orkut, Facebook, Blog) no espaço dos comentários desta postagem, automaticamente será excluída do sorteio.


*** Atenção! A promoção é válida até dia 05 de agosto se (e apenas se) houver uma quantidade mínima de 15 participações ***

17 comentários:

Sérgio Bernardo disse...

Sorteie-me, Sorteieme!!!
sempoesianaoda@hotmail.com
@Sempoesianaoda

Anônimo disse...

Bacana! Beira à modernidade nos tempos de LGBTTTS!!
Viva a diversidade!!!

Marcia Barbieri disse...

Impossível não recordar "Nossa Senhora das Flores" de Jean Genet.

um abraço

Biziane disse...

vivianev@gmail.com

twitter: @biziane

obrigada!

Elvys B. Soares disse...

elvis.brito.soares@gmail.com
@elvysbrito

Chico sales disse...

semmpre gostei da literatura travestida, as verdadeiras roupas são as palavras, primeiras vestimentas que nos cobrimos ao nascer.
xicocostta@gmail.com

Chico sales disse...

@costinha - xicocostta@gmail.com

Artes e escritas disse...

Estou concorrendo @yayaeanjos

HosanaMarques disse...

Quero muito ganha este livro! please...

hosanna82@hotmail.com
@SrtaSiblyVane

Michele Diniz disse...

michelednz@gmail.com @michelednz

Anônimo disse...

To nessa.

andrelucas.fernandes@gmail.com
@doalf

Anialim disse...

Ráh...é claro que quero!

@Anialim

geraldo trombin disse...

tinha postado aqui mas desapareceu... então estou de volta

@geraldotrombin
gtrombin@terra.com.br

Manoel SAJ disse...

Tô chegando...

manoelsaj@hotmail.com

@manoelsaj

Katia em anexo disse...

katiaverbo@gmail.com - @ktmota

Katia em anexo disse...

katiaverbo@gmail.com
@ktmota

Crika disse...

espadasamurai@gmail.com

@Crikaninja