21 de jun. de 2010

'Segundas estórias', de Fábio Flora


Em Segundas estórias, Fábio Flora aborda simultaneamente um Rosa pessoal e afetivamente mais próximo – que desenhava para as netinhas, adorava ir ao cinema ver o Dumbo com as filhas, lia Agatha Christie, escrevia contos fantásticos para a revista O Cruzeiro – e um Rosa academicamente menos exposto, mas submetido a uma análise que tange também o lado mais canônico.

De acordo com a professora Ana Cristina Chiara, "sem abandonar o rigor crítico e o instrumental teórico mais atualizado, como o conceito de história em Walter Benjamin e o de paradoxo em Gilles Deleuze, o autor de Segundas estórias homenageia o escritor mineiro ao revitalizar o amor à língua, traço da personalidade literária rosiana, não apenas mantendo-se próximo de seus títulos, ao compor os sete capítulos – 'Corpus do baile', 'Famigerado', 'Duelo', 'Grande sertão', 'Primeiras estórias', 'Estórias de fadas' e 'Um moço muito branco' –, como também recriando a escrita de ensaio sem cair na facilitação de concorrer com o escritor que enfoca". "Ao modo rosiano", continua Chiara, "a escrita de Fábio conduz o leitor com inventividade, doçura, lirismo, ironia e com júbilo de quem não se deixou contaminar por modismos acadêmicos e não perdeu o entusiasmo pela literatura".

Por tudo isso, o livro deve criar muito interesse tanto para estudantes de letras, por exemplo, quanto para pessoas que desejam tão-somente conhecer um pouco mais a vida e a obra do escritor mineiro. Para o público mais leigo, é uma forma de "quebrar o gelo" e se deixar atrair ainda mais para a leitura de Rosa, uma vez que atenua a aura de incompreensível que ele costuma ter. Para os especialistas, por outro lado, o grande interesse é justamente um estudo sob um ponto de vista novo, que amplia as "veredas" e vai além do que habitualmente está em foco nas escolas e universidades.

Segundas estórias: uma leitura sobre Joãozito Guimarães Rosa
Autor: Fábio Flora
Editora: Quartet
Ano de lançamento: 2008
Número de páginas: 132

Onde comprar:
Livraria da Travessa
Livraria Cultura (http://www.livrariacultura.com.br/)
Quartet Editora - http://www.quartet.com.br/ ou diretamente AQUI
Livraria do Museu da República
.
Sobre o autor:
Fábio Flora é bacharel e licenciado em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mestre em Letras (Literatura Brasileira) pela mesma instituição. Atualmente, é coordenador do Setor de Revisão da Editora da UERJ, professor de Língua Portuguesa da rede municipal do Rio de Janeiro e escreve no blog Ultramuito, http://ultramuito.blogspot.com/
.
Caro leitor, será sorteado 1 (um) exemplar do livro Segundas estórias: uma leitura sobre Joãozito Guimarães Rosa entre os seguidores d'O BULE.
Caso ainda não seja um seguidor, aproveite para se tornar e participar do sorteio.
Daqui a uma semana (28/06) divulgaremos o contemplado aqui n'O BULE.
Boa sorte!

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante. Eu realmente só tive contato com o Guimarães pela "obrigação" do Ensino Médio. O Primeiras Estórias foi o "objeto". Hahaha. Ainda espero apreciar a obra dele com mais cuidado no futuro.

E fico no aguardo do sorteio. Agora não vai mais funcionar pelo twitter?

Abraços a todos,
André.

Pri Beletato disse...

O livro parece ser muito bom! Eu querooooooooooo... rsrs

Macaco Pipi disse...

vão fazer uma novela né :)

Anônimo disse...

Interessante.Algumas pessoas só lêem por causa da escola e vestibular!

Jonatas Fróes disse...

Não sei se conseguiria encarar novamente Guimarães Rosa na minha vida hahaha... Foi um parto ler Sagarana para o vestibular. O cara escrevia bem, não há nem como ir contra isso. Mas era tão bem, TÃO BEM, que muitas vezes não dava pra entender o que ele queria dizer.

Pode ser que na época eu não tinha maturidade suficiente pra encarar uma obra como essas, mas fico desencorajado de tentar novamente ;P

[]'s

http://musikaholic.wordpress.com/

sumiu disse...

Adoro blogs sobre literatura, é um incetivo mt bom!
Tenho oportunidade de conhecer novos escritores, novas obras, e me interessar por elas. Interesse este que poderia não existir sem a leitura desse tipo de blog (: