31 de dez. de 2009

Apresentação

Em um bule contém – comumente – café. O nosso BULE é diferente; nele contêm palavras. Palavras que formam contos (Rodrigo Novaes de Almeida, Mauro Siqueira); palavras que, livres, subjetivas, se transformam em crônicas (Bruna Mitrano); palavras trocadas que se transformam numa entrevista (Jean Roberto de Oliveira); palavras que, saturadas de mistério, se transformam em folhetim (Homero Gomes); palavras que, amenas ou ácidas, se transformam em resenhas sobre publicações de novos autores (Rogers Silva); poucas palavras que, esqueléticas, se transformam em micronarrativas (Geraldo Lima).
-
Eis os colunistas d’O BULE. Quatro estados (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná) mais Distrito Federal com um único propósito – fazer/comer/tomar/beber/discutir/divulgar literatura. Aos estados de onde surgiu a idéia, se somarão mais outros, de onde virão nossos colaboradores e leitores. Esperamos que, tanto uns quanto outros, sejam muitos e diferentes em seus propósitos, em suas crenças, em suas escritas, em suas leituras.
-
Bule pode significar Blog Unificado de Literatura e Escrita. Ou Brasil Unido pela Leitura. Ou pode não significar nada; apenas bule, objeto que possui uma conotação muito positiva para nós brasileiros. Adoramos sentar, jogar conversa fora enquanto tomamos um café, que pode ser ora amargo, ora doce, ou muito ralo. Os gostos variam. Os desgostos também. O nosso café tomaremos virtualmente – serão as palavras, os textos. Eles terão sabores variados – poéticos, ultra-modernos, difíceis, formais, coloquiais, obscuros, diamantes.
-
O nosso BULE, este, será um espaço de apresentação, divulgação e discussão de idéias em torno da literatura, das palavras, da escrita. Aqui livros serão sorteados entre os seguidores. Aqui outros autores poderão divulgar suas publicações. Aqui outras colaborações, além das fixas, serão aceitas e ansiosamente esperadas. Atentem-se aos dias do seu gênero ou colunista preferido.
-
À falta de uma mesa de botequim, sente-se em frente ao computador. À falta de café, saboreie as palavras. 2010 chegou. O BULE está no ar. Sejam todos bem-vindos.
-

7 comentários:

Bruno Alvaro disse...

Vida longa... Muito café pr'O Bule!

Simone Santana disse...

O blog ficou lindo. E só tem fera, hein? Parabéns!

Breve Leonardo disse...

[um bule cheio de letras e uma chávena de chá, para acompanhar as boas vindas... deste lado do ribeiro atlântico]

um imenso abraço

Leonardo B.

Rogers Silva disse...

bruno álvaro, querida simone santana e leonardo b., mto obrigado pela visita, pelo comentário e pelo carinho. espero vocês sempre aqui.
abraços e beijo.

Guilherme S. disse...

Particularmente gosto da ideia de: B.U.L.E = Balidos Ululantes da Literatura Espacial. Ou, acaso fosse um blog de Literatura Erótica, B.U.L.E = Beijos Úmidos a Literatura Ejacula.
Ah, só sugestões. É que eu não gosto de café. Mas gosto de literatura.

;)
Vida longa.

Klotz disse...

Que este Bule tenha sempre café e palavras quentes. Amargas, doces ou formiguentas. Porém sempre novas e quentes.
Desejo muitos leitores e sucesso.

Bruna Mitrano disse...

Temos que considerar essas sugestões do Guilherme! (rs)